5 super dicas de contabilidade para micro e pequenas empresas

4 estratégias para fidelização de seus clientes
24 de maio de 2018
3 dicas simples para você assumir o controle financeiro do seu negócio
4 de julho de 2018
Exibir tudo

5 super dicas de contabilidade para micro e pequenas empresas

Muitos empreendedores que estão iniciando seus negócios tem arrepios só em pensar em como controlar os processos contábeis de seu novo negócio.

A contabilidade se visualizada de um ponto de vista simplista se torna algo que pode ser facilmente controlada, só é necessário uma atenção extra e uma gestão facilitada, assim tudo se torna mais simples de ser compreendido e colocado em prática.

Pensando nisso, neste post separamos algumas dicas simples que vão lhe dar um norte a ser seguido e agilizar o processo contábil da sua empresa. Aproveite:

 

1 — Defina seu plano de negócios

Ao iniciar qualquer atividade é necessário saber o que você pretende, qual são seus planos para a empresa, por exemplo, se terá sócios, sua perspectiva de faturamento e qual o regime tributário que vai adotar.

Os dois primeiros pontos: sócios e perspectiva de faturamento, ajudam a definir o regime tributário. Se tiver sócios, muito provavelmente a empresa será uma Sociedade Limitada. Caso não tenha, pode ser um Empresário Individual ou uma Eireli.

O faturamento, por sua vez, vai ajudar a definir a faixa de tributação que sua empresa deve ser enquadrada, os mais comuns são o Simples Nacional e o Lucro Presumido.

Com os dois fatores anteriores definidos já temos mais de meio caminho andado na definição do regime tributário que deve ser adotado. Vamos ser mais específicos e detalhistas nessa parte, no próximo item.

 

2 — Analise o regime tributário

Como falamos anteriormente, o regime tributário é um dos principais pontos que vão ajudar a definir qual o tipo de sua empresa como um todo, decidimos fazer um tópico a parte sobre esse tema, pois sua escolha será crucial para a definição de qual alíquota de impostos sua empresa vai ser enquadrada daqui em diante.

O principal item que vai ser analisado nessa etapa como já foi falado, é a questão do faturamento da empresa. mas existem outros inúmeros que devem ser analisados minuciosamente pelo seu contador, para evitar que sua empresa não pague mais impostos abusivos ou que corra o risco de ter problemas com a Receita Federal.

Os principais regimes tributários são o Simples Nacional e o Lucro Presumido, na grande maioria dos casos o escolhido é o Simples Nacional, onde o pagamentos de diversos impostos é feito através de uma única guia mensal, isso facilita o controle do calendário de impostos de qualquer empresa.

O Simples Nacional conta com diversos anexos e também com várias faixas de tributação que podem ser adotadas.

Então, o ideal é analisar juntamente com seu contador em qual faixa sua empresa se encaixa, levando em consideração a atividade principal e o faturamento da mesma, se tudo se enquadrar no Simples se esta for a melhor opção.

O regime tributário pode ser alterado pode ser feita uma vez ao ano, geralmente no mês de novembro, e assim no próximo ano sua empresa já inicia utilizando o novo regime tributário.

 

3 — Faça um planejamento financeiro

Essa é uma dica um tanto quanto banal, você já deve ter ouvido ela uma porção de vezes. Mas nunca é demais lembrar da importância de um bom planejamento financeiro.

Esse processo deve ser rotineiro no dia a dia de qualquer empresa. Mas no início que qualquer negócio é primordial estruturar sua estratégia de finanças. Fazer esse processo com cautela e atenção logo no princípio do seu negócio faz com que sua empresa comece forte e com os pés no chão.

Caso não tenha feito essa análise no início do processo, então faça agora. Caso contrário, cedo ou tarde sua empresa estará uma bagunça e você vai sentir falta dessa pequena etapa.

O primeiro passo para um bom planejamento financeiro é controlar o total das movimentações da sua empresa, seu fluxo de caixa e projeções de entradas e saídas. Assim tudo fica tudo mais simples e você vai conseguir visualizar tudo de forma mais clara e precisa, com números reais e precisos.

Manter suas finanças controladas e em dia certamente irão impactar positivamente na contabilidade.

 

4 — Mantenha organizado o calendário de impostos

Além de manter seu controle financeiro sob controle é importante ficar atento ao calendário de pagamentos de seus impostos, pois atrasos podem acabar prejudicando seu negócio como um todo.

Caso sua empresa tenha optado pelo Simples Nacional esse processo é muito simples, afinal, terá uma única guia mensal para pagar, onde todos os impostos estão inclusos nela, a DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). Só é preciso ficar sempre atento ao vencimento dessa guia, geralmente ocorre no dia 20 de cada mês.

Mas, caso sua empresa se enquadre no regime de Lucro Presumido, o processo é um pouco mais complicado, existem 5 guias de impostos para pagar, que podemo ter diferentes datas de vencimento (ISS, PIS, Confins, IRPJ e CSLL). Sendo assim, é necessário ter um pouco mais de atenção e manter seu calendário de tributos sempre atualizado.

 

5 — Conte com um bom contador

O processo contábil apesar de ser compreensível para qualquer pessoa interessada em aprender, conta com uma série de particularidade e variáveis, por esse motivo é importante sua empresa contar com um bom profissional contábil, que tem conhecimento sobre o assunto.

Lembre, a parceria entre empresa e contador deve ser aberta, ou seja, para que a contabilidade possa ser feita da forma correta, com agilidade e eficiência, é necessária sua participação na entrega das informações necessárias ao contador. O empresário precisa entender quais são as suas responsabilidades e as do contador. Não omita informações do seu contador, isso pode ser prejudicial para sua empresa e trazer graves consequências.

É de responsabilidade do empresário fornecer todas as informações econômicas e financeiras de forma completa, clara e idônea.

Esperamos que nossas dicas de contabilidade possam ajudar seu negócio de alguma maneira.

Para facilitar o controle contábil da sua empresa é importante contar com um software de gestão empresarial, o FlyERP é uma solução que ajuda o empreendedor a tomar a gerenciar seu negócio de forma clara, rápida e intuitiva, fornecendo um controle de todos os processos financeiros e contábeis.

Comentários

comentários

//]]>