6 dicas para fazer melhores negócios com seus fornecedores

8 dicas para reduzir a inadimplência dos seus clientes e evitar prejuízos
4 de abril de 2018
Aprenda a otimizar a cobrança via boleto na sua empresa
18 de abril de 2018
Exibir tudo

6 dicas para fazer melhores negócios com seus fornecedores

Um processo corriqueiro na grande maioria das empresas é a compra de insumos, produtos ou bens para sua empresa conseguir produzir os produtos ou oferecer os serviços para seus clientes.

O processo de negociação dos preços com seus fornecedores é algo de extrema importância para uma política eficiente de redução de despesas de qualquer empresa, principalmente quando falamos de micro e pequenas empresas, onde qualquer custo extra pode afetar diretamente suas projeções futuras.

Todos sabemos que esse pode ser um trabalho um tanto quanto complicado e as vezes desgastante, embora necessário muitas vezes na vida de qualquer empreendedor. Pensando nisso, preparamos algumas dicas para ajudar você a fazer a “pechincha” da forma mais correta possível. Vamos lá:

 

1. Apresente seu potencial de parceria e geração de novos negócios

No mundo dos negócios os fornecedores estão no mesmo barco que você, eles querem sempre potencializar suas vendas e atingir o maior número de clientes possíveis e buscam parcerias que podem ajudá-los a atingir essa meta. Então, ao negociar com com seus fornecedores, deixe claro as oportunidades que sua empresa pode trazer para ele, mostre as vantagens a longo prazo que a uma parceria pode trazer para ambos. Se você já trabalha com esse fornecedor a um longo tempo, pode usar um histórico de compras e mostrar o que você pode prospectar para ele baseado nesses números já existentes. Caso esteja iniciando um novo processo de negociação, pode fazer um plano de projeções de vendas baseados no seu conhecimento do mercado.

 

2. Não se atenha somente ao preço

Em alguns casos o fornecedor é linha dura na questão de redução de preço, caso você se encontre em um caso o ideal é tentar buscar outros pontos que possam reduzir suas despesas. Negocie prazos maiores, frete mais baratos, descontos por compras em grande quantidade ou até mesmo garantias mais estendidas. Por exemplo, ter um prazo maior para pagar suas dívidas vai melhorar seu fluxo de caixa. Descontos por pagamentos antecipados também são uma ótima pedida.

 

3. Negocie com vários fornecedores

Não se atenha somente a um fornecedor, aumente seu leque de opções e deixe todos cientes que você tem outras opções de cotações e vai escolher a que mais se encaixe no orçamento da sua empresa. Esse poder de barganha trás uma grande vantagem no processo de negociação, afinal ninguém quer perder um negócio para a concorrência.

Neste caso é interessante contar com um cadastro de fornecedores e de valores aplicados por cada um em outras negociações, assim fica mais fácil analisar qual fornecedor oferece as melhores vantagens.

 

4. Ofereça depósitos maiores para um desconto maior

Como já citamos os fornecedores tem a mesma preocupação que sua empresa tem, e aumentar seu fluxo de caixa mais rapidamente é uma delas, então se você tiver condições uma boa dica é oferecer entradas e adiantamentos maiores que ele está pedindo, com por exemplo 50% ou 60% do valor do pedido adiantado, em contrapartida o fornecedor tem que lhe repassar um desconto considerável para que fique bom para ambos os lados.

 

5. Considere transferir todos os seus negócios para um único fornecedor

Os fornecedores priorizam as empresas que fazem mais negócios com eles e trazem mais retorno, essa é outra regra comum no mercado. Esse tipo de cliente geralmente obtêm maiores descontos e outras vantagens perante os seus fornecedores. Caso você trabalhe com vários fornecedores, considere transferir seus negócios todos para um só. Mas preste atenção, antes de fazer essa escolha, tenha certeza que esse fornecedor vai conseguir suprir sua demanda e que os valores de negociação realmente vão trazer boas vantagens.

 

6. Seja alguém com quem os fornecedores querem fazer negócios

Nenhuma empresa gosta de trabalhar com aquele cliente-problema, indiferente da quantidade de negócios que ele traga, em um determinado momento essa relação fica desgastada. Então, mantenha sempre um bom relacionamento com os fornecedores, também é importante ressaltar que essa é uma via de mão dupla, ou seja, como eles precisam de você, você também precisa deles. Pague suas contas em dia, mantenha uma comunicação aberta e trate sempre uma relação de parceria, no qual nenhum lado se sinta prejudicado.

O processo de negociação com os fornecedores não precisam ser algo complexo e difícil, se você estiver preparado e ter um plano vai facilitar muito as negociações e com o uso dessas dicas certamente todos vão sair ganhando e seus resultados vão melhorar.

Comentários

comentários