Os 5 erros que sua empresa não deve cometer se tratando de estoque

4 comportamentos que estão acabando com o dinheiro da sua empresa
7 de fevereiro de 2018
O que é IRPF — Imposto de renda pessoa física e quem precisa declarar?
21 de fevereiro de 2018
Exibir tudo

Os 5 erros que sua empresa não deve cometer se tratando de estoque

Fazer a gestão dos itens do estoque da sua empresa pode não ser algo tão simples, se as práticas corretas não forem adotadas e isso pode ocasionar erros no controle e certamente afetar diretamente seus resultados.

Neste post, citamos 5 práticas que devem ser evitadas e que se executadas na sua empresa podem ter um resultado desastroso para todo o processo e para seus negócios:

 

Não equilibrar estoque, compras e vendas

Não contar com um controle integrado entre compras, vendas e estoque pode acabar fazendo sua empresa comprar itens desnecessários, acumulando bens que não tem rotatividade, ficando assim encalhados no estoque.

O contrário também é tão grave quanto, fazer compras abaixo da demanda de seus clientes, ou seja, não ter produtos disponíveis no momento da compra do seu cliente, isso acaba frustrando tanto seus vendedores, quanto seu cliente, que tem grandes chances de ir buscar isso na concorrência.

 

Excesso de controles manuais

Se sua empresa não conta com um software de gestão que integra os mais diversos setores do seu negócio, certamente sofre ou já sofreu com esse erro. É sempre aquele drama de ter que conviver com o o risco de erros de anotação ou retrabalhos de redigitação.

E isso quando esse processo é feito, pois muitas vezes as tarefas diárias deixam essas rotinas em segundo plano e quando se dá conta está um caos total.

 

Falta de identificação de produtos

Não contar com uma organização dos itens do seu estoque limita em muito a capacidade de gestão do mesmo, manter os itens organizados por categorias é o mínimo que se espera de um estoque que funciona.

Classifique os itens de acordo com suas características como cor, tamanho, tipo. Essa simples tarefa é algo que vai contribuir muito para se ter uma visão mais integra de como seu estoque está organizado e facilitar as demais tarefas de controle.

 

Esquecer da rotatividade

Outro erro crucial e muito comum é somente pensar no valor dos itens que estão armazenados em seu estoque e esquecer completamente de outro ponto: o tempo médio de estocagem. Isso acaba por esconder outros indicadores importantes como a rotatividade dos itens de seus estoque.

Com esse indicador é possível visualizar quais itens estão tendo maior saída e quais não tem tanta demanda assim, facilitando o processo de compra, venda e reposição como um todo.

 

Usar ferramentas de controle ultrapassadas

Se sua empresa ainda está amarrada a controles manuais, fichas e cadernetas de anotações, está na hora de repensar e analisar no mercado soluções mais tecnológicas e confiáveis. Existem diversos softwares voltados para gestão eficiente da sua empresa, que fazem a integração entre todos os setores, reduzem o tempo e garantem a integridade de suas informações.

“Mas minha empresa não pode pagar por um software de gestão e não pode parar para que seja feito o processo de migração”. Se você pensa assim, está completamente enganado e por fora das oportunidades do mercado. Atualmente existem softwares voltados exclusivamente para micro e pequenas empresas, com custo muito atrativo e implantação rápida como o FlyERP.

O FlyERP é um sistema de gestão para micro e pequenas empresas que agiliza todos os processos da sua empresa, desde o processo de orçamentos, compras, estoque, controle financeiro, estoque até chegar ao processo de vendas, contábil e fiscal. Ou seja, em poucos cliques é possível fazer sua empresa decolar.

Comentários

comentários