Dicas para gerenciar o estoque em micro e pequenas empresas

Sua empresa está pronta para a Lei da Transparência na nota fiscal?
17 de outubro de 2016
7 dicas para melhorar o seu controle do Fluxo de Caixa
21 de outubro de 2016
Exibir tudo

Dicas para gerenciar o estoque em micro e pequenas empresas

Fazer o gerenciamento de forma eficiente é essencial para o sucesso de qualquer empresa do ramo comercial, seja um supermercado pequeno até uma grande loja. O motivo é banal: se faltar um produto no estoque, há uma uma perda de venda.

O estoque “furado” pela falta de um produto é um grande problema, mas o excesso de mercadorias é igualmente ou até mais prejudicial para as finanças da empresa. Esse problema se torna ainda maior quando falamos de pequenas e micro empresas, que tem a necessidade de enxugar ao máximo as suas despesas e tem outras inúmeras preocupações para cuidar pelo número reduzido de mão de obra.

Pensando nisso, separamos neste post algumas dicas que vão te ajudar a gerenciar seu estoque, fazendo com que você otimize esse setor, evite prejuízos e melhore seus resultados.

Registre todas as entradas e saídas

Se você é daqueles que torcem o nariz quando o assunto é gerenciamento de estoque e acham que é uma gestão complicada de ser feita diariamente e consome muito de seu tempo. É necessário que repense essa ideia. Afinal, hoje existem inúmeras ferramentas online com um custo muito acessível que podem ser acessadas de qualquer computador e ajudam a resolver esse problema em poucos cliques.

Você só precisa registrar todas as entradas e as saídas de produtos de seus estoque. E resto fica por conta do seu software de gestão, que faz os cálculos e toda a gestão financeira desses produtos para sua empresa automaticamente.

Preste mais atenção em produtos sazonais e perecíveis

Não caia na cilada de estocar uma grande quantidade de itens que podem demorar muito para ser comercializados. Isso é a mesma coisa que deixar seu dinheiro parado e ainda mais se esse estoque for de produtos perecíveis, que podem estragar, ou no caso de lojas de vestuário por exemplo, estocar peças que mudam a cada estação, os chamados produtos sazonais.

Um estoque muito cheio vai fazer que sua empresa tenha uma porção de produtos encalhados e que alguns deles necessitem ser até descartados, caso não haja a saída esperada.

Queima de estoque é uma boa ideia para equilibrar as contas

Caso seu negócio tenha um estoque muito grande de determinado produto, que está simplesmente encalhado ou está chegando outra remessa mais nova e isso vai ficar certamente ali parado. Uma boa dica é organizar imediatamente um queima de estoque, assim você vai equilibrar a gestão financeira da sua empresa. E, após isso, você deve reavaliar se vale a pena investir novamente nos produtos que ficaram parados e demoraram para serem vendidos.

Invista na negociação com seus fornecedores

Se o estoque encalhado é um problema, a falta de produtos que tem alta demanda e não param no estoque é o outro lado da moeda. Por esse motivo, você deve contar com fornecedores confiáveis, além de levar em conta a qualidade dos produtos e preço, outro fator importante e que não deve nunca ser esquecido é a flexibilidade e agilidade na entrega das mercadorias. Assim, você não corre o risco de perder dinheiro por falta de produtos que tem alta demanda e deixar seus clientes na mão, reposição rápida é de extrema importância.

Evite perdas e furtos mantendo seu estoque organizado

Ok, você está tendo um controle primordial no seu processo de entrada e saída, de acordo com o que falamos no início deste post. Mas isso de nada adianta se seu estoque físico não tem um método de organização eficiente. Identifique a quantidade de cada mercadoria, organize por setores e tipos de mercadorias e conheça como está organizado seu estoque, para que possa encontrar rapidamente o que procura.

É uma boa ideia também ter o controle de data de aquisição e de venda de cada produto, isso também deve ser inserido no seu sistema de gestão, assim é possível saber qual a rotatividade de seu estoque de forma eficiente.

O controle eficaz do estoque de micro e pequenas empresas é essencial para manter a saúde financeira do seu empreendimento.

Vale muito a pena reservar um pedacinho de seu atarefado dia para cuidar do assunto, manter suas planilhas e sistemas sempre atualizados. Este pequeno cuidado, pode fazer toda a diferença.