Dicas para você não errar no fluxo de caixa da sua empresa

Aprenda a planejar a reposição de estoque na empresa e evite sustos
28 de setembro de 2017
Qual a importância de registrar minhas vendas?
14 de outubro de 2017
Exibir tudo

Dicas para você não errar no fluxo de caixa da sua empresa

Manter o controle efetivo do fluxo de caixa da sua empresa é um dos pontos mais importantes da sua gestão financeira. E isso deve ser levado em conta indiferente do tamanho do seu negócio. Manter um fluxo de caixa positivo, ajuda muito a garantir a liquidez nas emergências ou ter mais segurança para investir quando o caixa está positivo.

 

O que é o Fluxo de caixa?

O nome fluxo de caixa já um tanto quanto autoexplicativo, nada mais é do que o movimento de entrada e saída do dinheiro na sua empresa e a sua boa gestão consiste em controlar esses gastos e otimizar a entrada de dinheiro.

Caso você seja um micro ou pequeno empreendedor ou até mesmo um prestador de serviço e sente estar perdido na sua gestão financeira ou acha algo muito confuso e trabalhoso de se fazer, neste post nos vamos te ajudar com valiosas dicas para que você possa manter o fluxo de seu dinheiro sob controle. Vamos lá?

 

Faça o registro todas as movimentações

Não se apegue a valores, é muito importante que você registre qualquer movimentação financeira da sua empresa, seja ela de entrada ou de saída. Somente desta maneira, é possível saber para onde vão seus gastos, sabendo a soma dessas pequenas despesas e possibilitando identificar qualquer desperdício de dinheiro.

 

Categorize suas movimentações

Após, você estar registrando tudo o que entra e sai de seu caixa, é interessante separar essas informações em categorias diferentes, isso vai facilitar e muito a identificação dos principais tipos de gasto e rendas e qual sua origem e destino.

 

Análise entradas e saídas diariamente

Adotar uma rotina diária de acompanhamento da sua movimentação ajuda a prever qualquer surpresa antes que seja tarde demais. Pois, o fluxo de caixa garante que você possa planejar-se. A cada venda é necessário registrar ela no fluxo, mas preste atenção, somente devem ser registrados no fluxo de caixa, valores recebidos. Ou seja, vendas a prazo não tem lugar não devem ser registradas no fluxo.

 

Não esqueça do seu estoque

Estoque parado é capital que não tem retorno, é um investimento que não te rende juros. Também chamado de capital imobilizado. Então, é importante que você saiba “quanto de valor você tem em estoque hoje?” e “qual o limite máximo e mínimo que você pode ter em estoque?”. Essas informações são de suma importância para que você tenha um controle efetivo e saiba quais decisões tomar em relação a vendas e reposição, para que não tenha prejuízos.

 

Tenha um planejamento mensal

Com um fluxo de caixa bem feito é possível fazer projeções certeiras para o ano todo, com isso você pode avaliar os mais diferentes cenários e estar preparado para as mais diversas adversidades que possam surgir. Planeje seus gastos e ganhos mensais, tenha um estimativa de quanto vai entrar e quanto vai sair do caixa neste mês. Assim, é possível comparar o planejado com o estipulado no final de cada período mensal e ver onde os gastos fugiram do controle e pode ser melhorados para o próximo mês.

 

Faça previsões realistas e tangíveis

Como você avalia se você teve o retorno desejado com a venda de seus produtos e serviços? Se seu fluxo de caixa não for bem feito, essa pergunta pode ser difícil de responder. Mas com um controle feito de maneira correta, você vai conseguir avaliar qual cliente está tendo mais retorno e qual deles está empatando ou até dando prejuízo.

Com esse feedback é possível adaptar seus esforços para os clientes que lhe trazem mais retorno e renegociar com os que estão trazendo resultados aquém do esperado.

É importante que todos os dados que serão usados para fazer o fluxo de caixa estejam dentro da realidade da empresa e do mercado. De nada vai adiantar almejar um fluxo de caixa positivo, com um mercado que está em tremenda queda e sua empresa não ter estrutura para conseguir atingir essa meta.

 

Conter com o apoio de um sistema para gestão financeira

Claro que é possível você fazer seu fluxo de caixa em uma planilha eletrônica, nada te impede de fazer isso. Mas ela apenas serve como processo inicial e para que você fuja das anotações em papéis e planilhas manuais. Um controle efetivo e realmente eficiente, necessita de um bom software de gestão financeira.

FlyERP conta com inúmeras facilidades para que seja possível não apenas ter um controle de seu fluxo de caixa, mas facilita e controla todo o seu processo financeiro, desde a entrada de mercadorias, estoque, fiscal, controle tributário até o momento da venda, com emissão e controle de notas fiscais e baixa automáticas no seu inventário. Tudo isso de forma integrada e de fácil utilização.

Com todos esses controles automatizados, fica muito mais fácil você se preocupar com outras coisas que não seja atualizar inúmeras planilhas e armazenar dezenas de pastas.

Facilite a vida na sua empresa com um software de gestão e veja como sua rotina vai ser facilitada e seus resultados serão mais expressivos, afinal é importante ter sua empresa na sua mão em poucos cliques.

Gostou do nosso conteúdo, então assine nossa newsletters e receba as novidades diretamente no seu e-mail.