Produtividade: 7 sacadas que vão potencializar seu dia

Quanto realmente custa para ter uma microempresa?
15 de março de 2017
Guia para registro e legalização da sua micro ou pequena empresa
29 de março de 2017
Exibir tudo

Produtividade: 7 sacadas que vão potencializar seu dia

Quem nunca chegou no final do dia com aquele sentimento de que trabalhou, trabalhou e trabalhou mais um pouquinho e não conseguiu fazer as tarefas que realmente importavam? Pois é! Além do cansaço físico, essa pressão psicológica nos faz repensar onde estamos errando, não é mesmo?

Existe uma infinidade de técnicas de produtividade espalhadas por aí, afinal esse é um assunto que sempre está em pauta e que estamos buscando mais informações para melhorar e otimizar nosso tempo.

E este post não vai repassar nenhuma técnica mágica que vai transformar você em uma máquina hiper-produtiva da noite para o dia, isso você não vai encontrar em lugar nenhum, o que vamos discutir e repassar alguns hábitos muito difundidos que se usados de maneira correta, vão sim melhorar e muito seu processo produtivo. Nada de milagre, ok? Afinal, não é necessário ser produtivo o tempo todo, embora muitos preguem isso, absolutamente ninguém é 100% foco total, pode ficar tranquilo, você não está sozinho nesta!

Então aí vão 7 dicas que vão lhe ajudar a melhorar seus hábitos e fazer seu tempo ser melhor aproveitado, vamos lá:

 

1. Planeje o deve ser feito no outro dia

Você não vai chegar a lugar nenhum se não souber onde quer chegar, não é mesmo? Então, a dica é saber o que deve ser feito. No final do dia, faça uma lista das 3 tarefas mais importantes que você deve fazer no próximo dia e depois se achar necessário crie outra lista paralela com tarefas necessárias, mas nem tão importantes assim. Assim, na manhã do outro dia você sabe por onde começar e não comece nenhuma tarefa da lista paralela, sem terminar as 3 principais do dia. Assim você vai anular aquela sensação no final do dia de não ter feito o que realmente deveria ter feito.

 

2. As tarefas de 2 minutos salvam o dia

Essa é uma técnica que faz parte do método GTD (Getting Things Done) de David Allen (fica aqui uma dica de leitura).

A técnica da tarefa de 2 minutos é simples. O conceito é bem simples: se aparecer uma tarefa no seu dia que leva menos de 2 minutos para ser feita, simplesmente faça. Se levar mais tempo, coloque na lista de tarefas pendentes, encaixe no próximo ciclo de trabalho ou delegue a outra pessoa.

 

3. Conheça seus picos de energia

Como já falei no início deste post, absolutamente ninguém fica o dia todo 100% motivado e com a energia em alta. Então, o ideal é você saber em qual o horário do dia consegue ter maior foco e pode render mais. Todas as pessoas tem horários específicos onde se sentem mais produtivas , motivadas e com mais energia.

Então, a dica é se você se seu pico de motivação e energia for pela manhã, tente encaixar as tarefas mais difíceis levantadas no seu planejamento da noite anterior neste período, se for a tarde ou a noite é a mesma coisa. Mas, lembre-se use seu tempo com sabedoria, se você se propôs a fazer uma tarefa a noite, cumpra.

 

4. Multitarefa geralmente é uma armadilha

Tenho plena convicção por experiência própria que o conceito de multitarefa é um tremenda enrascada. Não acredito ser possível focar mais de uma tarefa por vez, sem perder em qualidade em alguma ou algumas delas. Mas indiferente disso, nada impede que você organize suas tarefas parecidas e que demandam a mesma estrutura para serem feitas próximas umas das outras, ganhando assim tempo no processo de preparação.

 

5. Ferramentas podem lhe ajudar

Contar com um aplicativo onde você pode a qualquer momento incluir ou consultar suas tarefas é uma boa sacada, por exemplo, uma coisa simples é anotar suas tarefas e qualquer ideia no Evernote ou o Google Keep e separar uma hora por semana para organizar essas ideias e transformá-las em tarefas é algo simples de se fazer e que pode salvar seu dia. Mas não fique preso a ferramentas hipermodernas e que ter inúmeros controles, pois certamente você não vai ter paciência para sempre estar ajustando, alimentando e isso vai fazer você perder a motivação.

 

6. Dose suas energias, faça pausas e se recompense

Você pode até achar estranho e contraprodutivo, mas você deve adotar várias pausas durante o dia. É uma tremenda ilusão achar que trabalhando sem parar por mais horas diárias você vai ser mais produtivo. A melhor maneira é focar nas tarefas certas e que trazem resultados.

Uma dica é adotar a técnica de Pomodoro, certamente você já deve ter ouvido falar sobre essa técnica, vou explicar o contexto geral, mas se quiser saber mais é só dar aquele Googlada.

A ideia é separar seus tempo em períodos de 25 minutos de foco total (desligar tudo que possa te interromper nesse período) e 5 minutos de pausas para você fazer o que bem entender (recompensa) e a cada 4 períodos de 25 minutos faça uma pausa maior de 30 minutos. 

Os objetivos da técnica são:

  • Aumentar sua concentração
  • Aumentar sua produtividade
  • Diminuir as interrupções
  • Aprender quanto tempo você demora em cada tarefa
  • Aliviar sua ansiedade

As pausas são importantes para reflexão, ou seja para “oxigenar o cérebro”.

 

7. Dê ênfase ao que já foi feito

Foque sempre o lado positivo das coisas. No final do dia ao invés de focar no que não deu certo e ficou atrasado, foque no que você conseguiu realizar, no que obteve sucesso. Isso vai fazer você se sentir mais realizadas e motivadas para iniciar o novo dia e voltar a rotina.

Então, foco no que já foi realizado, remaneje o que não deu certo e bola pra frente, afinal agora você não tem mais nada a fazer em relação ao que não foi feito, mas pode agradecer e ficar feliz pelos objetivos alcançados.

Espero que essas pequenas dicas possam lhe ajudar e mostrar que você não está sozinho nesta empreitada de ser mais produtivo, estamos todos nesta barca, o negócio é fazer um pouquinho por dia, de maneira organizada que seus objetivos certamente serão alcançados. Aproveite e aprecie o caminho, o objetivo final é apenas consequência.