Sua empresa está preparada para o fim do emissor gratuito de NF-e da Sefaz?

Aprenda a definir metas de vendas vencedoras para seu negócio
24 de outubro de 2016
regime-tributario
Aprenda a definir o regime de tributação correto para sua PME
26 de outubro de 2016
Exibir tudo

Sua empresa está preparada para o fim do emissor gratuito de NF-e da Sefaz?

Isso mesmo. A partir de 1º de janeiro de 2017, as Secretarias da Fazenda de todos os estados brasileiros, vão parar de atualizar o sistema emissor NF-e (nota fiscal eletrônica). Essa resolução já vem sendo informada aos usuários através de informações no próprio site da Sefaz desde a metade do mês de Abril de 2016.

Em suma, isso significa que vai ser necessário sua empresa buscar outra opção para emitir suas notas fiscais eletrônicas de produto e CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico).

Por que a Sefaz está descontinuando seu Emissor Gratuito de NF-e?

A decisão tem como base o fato de que boa parte das empresas já ter adotado outros tipos de solução para fazer a emissão de suas notas eletrônicas, como sistemas instalados no computador ou sistemas online.

A opção gratuita da Sefaz era oferecido desde 2006, foi criado para apoiar a migração o padrão eletrônico das notas. O sistema contava com várias restrições e problemas relatados pelas empresas que dele faziam uso, como a falta de armazenamento de dados, tendo assim um processo de digitação totalmente manual, tornando o processo de emissão de várias notas para o mesmo cliente por exemplo, muito mais demorada. Também contava com certa instabilidade técnica de transmissão e validação.

De acordo com a Sefaz, atualmente mais de 90% do volulme de NF-e é tirada por soluções próprias. No caso do CT-e, esse número já ultrapassa os 95%. Por esses motivos, a partir do início de 2017, o download não será mais disponibilizado para os usuários.

A recomendação que está sendo repassada para as empresas que ainda fazem uso do aplicativo, é que busquem alternativas para gerar suas notas. Quem tiver a ferramenta instalada pode continuar utilizando, mas qualquer mudança que houver nas regras de validação de NF-e ou de CT-e, o software ficará desatualizado, comprometido e nada confiável.

E agora, qual a melhor alternativa para emitir NFe?

Existem inúmeras alternativas para um micro ou pequena empresa emitir suas notas fiscais eletrônicas. Por esse motivo é sempre bom estar em contato com seu contador, pois ele é sua melhor referência para tratar tais assuntos.

Os passos para emissão de NF-e são semelhantes, mas indiferente da solução escolhida, o processo sempre segue os seguintes passos:

1. Adquirir um Certificado digital

O primeiro passo para emitir nota eletrônica é possuir um certificado digital, que assegura validade jurídica ao documento por permitir confirmação de sua autenticidade. Há diversos órgãos autorizados como autoridades certificadoras pela ICP (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira).

2. Fazer o Credenciamento na Sefaz do seu estado:

Esse cadastro varia conforme a alternativa escolhida, mas em geral você precisa informar dados como CNPJ, Inscrição Estadual, Regime Tributário e outras informações. Depois dessa configuração, já pode voltar a emitir notas.

3. Escolha o emissor de NF-e:

Você pode adotar diferentes opções. Existem softwares que podem ser baixados em seu computador para emitir notas. Outra opção é usar serviços que rodam na nuvem e podem ser acessados online a qualquer hora em um dispositivo conectado à Internet. O volume é um dos fatores a se considerar: empresas e contadores que tiram um volume grande de notas têm mais motivos para adotar um emissor integrado a um sistema de faturamento ou sistema de gestão.

4. Gere as notas conforme sua necessidade

Com certificado digital adequado, credenciamento realizado junto à Sefaz e emissor de NF-e escolhido, sua empresa está pronta para faturar. Vale a pena realizar testes para homologar as notas mas é um processo simples para seu negócio funcionar normalmente.

Emita suas NF-e pelo FlyERP

Uma das soluções mais completas para emitir NF-e e NFS-e é o FlyERP. Por conta da grande variedade de opções para emissão de notas fiscais, indiferente do porte da sua empresa, o FlyERP tem a opção para todos os segmentos de mercado.

Com o FlyERP você ganha muito em agilidade com a integração de todo o processo de pedidos e vendas, não perca mais tempo digitando dados duplicados, garanta a integridade das informações da suas vendas.

Integre todo o seu processo comercial, aprove os pedidos de vendas e já emita os boletos e as NF-e para seus clientes. Mantenha todas as transações salvas em seu sistema para que não necessite futuramente fazer todo o processo novamente. Duplique e edite novos pedidos e ganhe muito mais tempo para se dedicar ao seu negócio.

Se você quer um modo mais fácil e rápido de emitir suas notas fiscais, não deixe de conhecer o FlyERP agora mesmo!

Fique por dentro de todas as novidades do nosso blog!

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>