Fluxo de caixa: Aprenda a utilizar como uma ferramenta gerencial

Aprenda a otimizar a cobrança via boleto na sua empresa
18 de abril de 2018
5 pontos que mostram que algo está errado no planejamento da sua empresa
16 de maio de 2018
Exibir tudo

Fluxo de caixa: Aprenda a utilizar como uma ferramenta gerencial

Em muitas empresas o processo de fluxo de caixa muitas vezes tratado como apenas um controle de entradas e saídas, ou seja, um mero indicador. Caso sua empresa se enquadre nesse perfil esse post foi feito especialmente para você.

O fluxo de caixa é uma excelente ferramenta de gestão que além de fazer um controle efetivo das movimentações financeiras de despesas e receitas, tem o papel também gerencial de auxiliar no planejamento do futuro do seu negócio.

Ter o conhecimento financeiro das entradas e saídas da sua empresa é um fator primordial para o saúde de qualquer empreendimento. E manter um histórico desse controle de fluxo de caixa ajudar a gerar indicadores para construção de saldo e necessidade de recursos para os próximos períodos (meses ou anos) e facilita a visualizar de uma maneira mais clara se as projeções de crescimento previamente levantadas vão ser cumpridas.

 

Pontos importantes para um bom fluxo de caixa

Vamos listar alguns pontos importantes que devem ser levados em consideração para que o fluxo de caixa da sua empresa seja feito da maneira correta:

Registre todas as movimentações

Isso é o mínimo que se espera para que se tenha um controle efetivo, mas por incrível que pareça existem empresas que não se preocupam com o lançamento de pequenos custos. Mas que fique claro, que esses pequeno custos podem fazer toda a diferença no resultado final, então registre todas as receitas e despesas para evitar sustos futuros.

Categorize seus lançamentos

Separe seus lançamentos por categorias, isso vai ajudar a analisar quais os ramos da sua empresa que estão consumindo mais recursos de uma maneira mais rápida.

Acompanhe diariamente

Mantenha o fluxo de caixa atualizado, pois desta maneira será possível visualizar com antecedência o que vai acontecer evitando surpresas.

Faça a projeção de caixa

O ideal é fazer uma projeção anual do caixa da sua empresa, ou seja, tenha uma visão mais ampla das suas despesas e receitas, registre todas as despesas e e entradas parceladas no decorrer deste período, sempre mantenha essa projeção atualizada conforme as mudanças forem ocorrendo.

Compare com o orçamento

Mantenha seu fluxo de caixa alinhado com o seu planejamento orçamentário, ou seja, verifique se o resultado obtido está dentro do que foi planejado, isso vai ajudar a verificar desvios no plano e assim buscar soluções mais rapidamente.

Utilize um sistema de gestão

Muitas empresas ainda utilizam planilhas eletrônica para fazer esse tipo de controle, indiferente do porte da sua empresa essa não é a melhor alternativa, pois além de ser algo extremamente chato de se atualizar, não tem uma integração com os demais setores da empresa e sendo assim está muito sucessível a erros.

Opte por um bom software software de gestão financeira, que vai ajudar a integrar todo o processos (financeiro, estoque, vendas, compras, boletos), evitar erros e principalmente agilizar o processo como um todo.

Em suma, manter um controle eficiente do fluxo de caixa da sua empresa vai fazer toda a diferença no processo de crescimento do seu negócio, vai ajudar a direcionar os investimentos e ter mais firmeza nas decisões futuras, facilitando assim os acertos comerciais, sinalizando os riscos e mostrando de maneira mais clara as oportunidades futuras.

Comentários

comentários